Cravina

Cravina
Cravina - imagem original: 영철 이 - Licença Creative Commons

A cravina é uma pequena planta que apresenta uma diversidade de padrões de coloração em suas flores, mas sempre em tons de rosa, vermelho e branco. Dependendo da variedade cultivada, é uma planta que atinge de 15 cm a 50 cm de altura, com uma atraente folhagem verde ou verde-acinzentada.

A cravina é uma planta fácil de cuidar e pode ser cultivada em jardins, vasos e jardineiras. Suas flores, além de serem muito bonitas, são geralmente perfumadas, e podem ser usadas como flores de corte.

Cravina
As flores da cravina geralmente têm uma agradável fragrância - imagem original: 영철 이 - Licença Creative Commons

Nome científico:

Dianthus chinensis.

Origem:

China, Coreia e Mongólia.

Cravina vermelha
As flores da cravina podem ser de tons de rosa, vermelho e branco - imagem original: Tom Bech - Licença Creative Commons

Clima

É uma planta de clima ameno, mas várias cultivares são tolerantes a altas temperaturas.

Iluminação:

Cresce melhor com luz solar direta, porém pode ser cultivada em sombra parcial com boa luminosidade. Quando o clima está muito quente, pode ser benéfico providenciar algum sombreamento durante as horas mais quentes do dia.

Cravina
A cravina cresce melhor em um clima ameno, mas pode tolerar climas mais quentes - imagem original: prilfish - Licença Creative Commons

Irrigação:

O ideal é manter o solo sempre levemente úmido, mas é uma planta relativamente resistente a curtos períodos de seca.

Solo:

É bastante tolerante quanto ao solo, desde que seja bem drenado. O ideal é que seja fértil, rico em matéria orgânica, com pH entre 6,6 e 7,5.

Cravina
A cravina é uma planta resistente e fácil de cultivar tanto em jardins quanto em vasos - imagem original: A. Yee - Licença Creative Commons

Época de floração:

Em regiões de clima frio, floresce principalmente no fim da primavera e no verão. Em regiões com inverno relativamente ameno, pode chegar a florescer durante todo o ano.

Ciclo de cultivo

São muitas vezes cultivadas como anuais, mas são bienais ou perenes de vida curta.

Cravina vermelha
A cravina é normalmente semeada em sementeiras ou vasos e depois as mudas são transplantadas para o local defintivo - imagem original: Raul654 - Licença Creative Commons

Propagação:

A propagação pode ser feita por sementes ou por divisão de plantas bem desenvolvidas.

As sementes podem ser semeadas em vasos, sementeiras ou outros recipientes. Semeie superficialmente no solo úmido. A germinação das sementes normalmente ocorre em uma a quatro semanas e o transplante para o local definitivo pode ser feito quando as mudas estiverem com 5 ou 6 semanas de vida.

Espaçamento recomendado entre plantas

15 a 30 centímetros, dependendo da altura da variedade cultivada.