Bela-da-noite

Bela-da-noite, maravilha ou maravilha-do-peru
Bela-da-noite, maravilha ou maravilha-do-peru - imagem original: F. D. Richards - Licença Creative Commons

A bela-da-noite, também chamada de maravilha-do-peru ou apenas maravilha, é uma planta herbácea tropical que pode atingir mais de um metro de altura. Suas flores têm a peculiaridade de se abrirem somente ao entardecer ou ao anoitecer, podendo também abrir em dias nublados com temperatura amena, e são muito flagrantes (os principais insetos polinizadores desta planta, que são algumas espécies de mariposa, são mais ativos ao anoitecer e são atraídos pelo cheiro das flores). Outra peculiaridade é que é possível encontrar em uma mesma planta flores de cores diferentes ou com padrões de manchas ou listras diferentes. Além disso, em algumas plantas as flores mudam de cor. Por exemplo, as flores podem ser inicialmente amarelas, se tornando rosadas gradualmente. A cor das flores pode ser branca, amarela, vermelha e rosa, e podem ser de uma só cor, bicolores ou tricolores.

Considerada uma planta fácil de cultivar, é comum tanto ser plantada isoladamente quanto em grupos de plantas nos jardins.

Bela-da-noite ou maravilha-do-peru
A Bela-da-noite é fácil de cultivar e produz muitas flores - imagem original: F. D. Richards - Licença Creative Commons

Nome científico:

Mirabilis jalapa.

Origem:

América do sul (Peru).

Clima

Não suporta bem extremos de temperatura, mas pode ser cultivada em várias regiões climáticas. Em regiões onde o inverno apresenta baixas temperaturas, a parte aérea da planta morre, rebrotando novamente na primavera. Em regiões mais quentes, pode ser cultivada o ano todo.

Flor branca de bela-da-noite ou maravilha-do-peru
As flores da bela-da-noite se abrem ao anoitecer ou em dias nublados - imagem original: Robert Lafond - Licença Creative Commons

Iluminação:

Sol direto ou sombra parcial.

Irrigação:

O solo pode permanecer levemente úmido. Esta planta, quando bem desenvolvida, suporta curtos períodos de seca. A irrigação deve ser suspensa até o início da primavera se a parte aérea da planta morrer nos meses de inverno.

Flor rosa e flores bicolores de bela-da-noite ou maravilha-do-peru
O padrão de manchas e listras pode variar bastante de flor para flor na mesma planta de bela-da-noite - imagem original: T. Kiya - Licença Creative Commons

Solo:

Tolera vários tipos de solo, mas o ideal é um solo fértil, rico em matéria orgânica e bem drenado. São muito tolerantes quanto ao pH do solo, mas um pH entre 6 e 7 é o recomendado.

Época de floração:

Pode florescer o ano todo em regiões quentes onde é perene. Em regiões mais frias, pode florescer do verão ao outono. Geralmente começa a florescer em torno de 90 dias após o plantio.

Fruto seco de bela-da-noite ou maravilha-do-peru
Flor e fruto seco de bela-da-noite. Cada fruto contém uma semente - imagem original: Ks.mini - Licença Creative Commons

Ciclo de cultivo

Plantas perenes, mas algumas vezes cultivadas como anuais.

Propagação:

Por sementes, que podem ser semeadas a uma profundidade de 1 cm . Deixar as sementes em água por um dia antes de semeá-las apressa a germinação, que normalmente leva uma ou duas semanas.

Por divisão de plantas bem desenvolvidas e raízes tuberosas.

Flor tricolor de bela-da-noite ou maravilha-do-peru
As flores da bela-da-noite podem ser tricolores - imagem original: F. D. Richards - Licença Creative Commons

Espaçamento entre plantas

38 a 45 cm.