Amor-perfeito

Amor-perfeito
Amor-perfeito - imagem original: Doug Wertman - Licença Creative Commons

O amor-perfeito é uma pequena planta que geralmente não ultrapassa os 30 cm de altura (tem normalmente de 15 a 25 cm de altura), produzindo flores que em média têm cerca de 6 cm de diâmetro, embora existam cultivares com flores menores, de 2 ou 3 cm, e cultivares com flores maiores, de aproximadamente 10 cm de diâmetro. Os amores-perfeitos cultivados nos jardins atualmente são principalmente híbridos, resultantes do cruzamento da espécie Viola tricolor com outras espécies do gênero Viola. Atualmente existe um grande número de cultivares, com flores de muitas cores que formam um grande número de padrões, geralmente combinando três cores, mas também bicolores e de uma só cor ou até mesmo com quatro cores. Em locais de clima ameno é considerada fácil de cultivar, podendo ser cultivada em vasos, jardineiras ou nos jardins, isoladamente ou em grupos.

Amores-perfeitos
Os amores-perfeitos cultivados em jardins são quase sempre híbridos - imagem original: Matthew Britton - Licença Creative Commons

Nome científico:

Viola × wittrockiana e Viola tricolor. Esta última é pouco cultivada atualmente, a maioria dos amores-perfeitos cultivados são híbridos desta espécie com outras espécies do gênero Viola, plantas que recebem a denominação Viola × wittrockiana.

Origem:

Europa e Ásia. Os híbridos surgiram primeiramente na Inglaterra, no século XIX.

Amores-perfeitos
O amor-perfeito cresce melhor em clima ameno - imagem original: Liz West - Licença Creative Commons

Clima

Prefere clima ameno, com temperaturas entre 15°C e 25°C. Não suporta bem altas temperaturas.

Iluminação:

Sol direto ou sombra parcial, mas com alta luminosidade.

Amores-perfeitos
O amor-perfeito prefere um solo moderadamente ácido - imagem original: Liz West - Licença Creative Commons

Irrigação:

O solo deve permanecer sempre úmido, mas sem ficar encharcado. Esta planta é sensível a falta de água.

Solo:

Tolera várias condições de solo, mas o ideal é um solo fértil, rico em matéria orgânica, bem drenado e moderadamente ácido, com um pH do solo entre 5,5 e 6.

Amor-perfeito
Há um grande número de cultivares de amor-perfeito - imagem original: John - Licença Creative Commons

Época de floração:

Geralmente floresce no outono e primavera. Pode manter a floração no inverno se a região tem um inverno ameno. A floração normalmente cessa nos meses quentes de verão.

Ciclo de cultivo

Cultivada quase sempre como anual e bienal, em condições adequadas de cultivo é uma planta perene.

Amor-perfeito com quatro cores
Flor de amor-perfeito com quatro cores - imagem original: Chris Parfitt - Licença Creative Commons

Propagação:

Por sementes, que devem ser semeadas superficialmente no solo, podendo ser cobertas apenas com uma fina camada de terra peneirada. A germinação normalmente demora de uma a quatro semanas. Se semeada em sementeiras, transplante as mudas quando estiverem com 6 a 8 folhas verdadeiras.

Por divisão de plantas bem desenvolvidas, embora as plantas assim obtidas raramente se mantenham vigorosas como as plantas oriundas de sementes.

Espaçamento recomendado entre plantas

15 a 30 cm.

Amor-perfeito bicolor
Flores bicolores de amor-perfeito - imagem original: Amy - Licença Creative Commons